Possibilidades narrativas em dispositivos móveis (Covilhã, 2014)

Bertocchi, Daniela; Camargo, Isadora Ortiz; Silveira, Stefanie C. Possibilidades narrativas em dispositivos móveis. Congresso Internacional Jornalismo e Dispositivos Móveis. Universidade Beira Interior. Portugal. 2 e 3 de Dezembro de 2014.

Resumo:

O formato da narrativa jornalística ganha substância na interface gráfica. O design da interface é o lugar onde o formato narrativo ganha vida aos olhos de quem o acessa e com ele interage, construindo uma experiência narrativa (BERTOCCHI, 2013). Refletir sobre o formato de uma narrativa é refletir sobre a arquitetura que os usuários irão vivenciar, considerando telas em diversos tamanhos e algoritmos que ordenam visualizações de dados, inclusive em interação com outros sistemas. Para analisar formatos no jornalismo digital móvel, é preciso trazer à análise a questão da arquitetura de informação da interface. Tal como defendida por Resmini & Rosati (2011), a arquitetura de informação pervasiva pode ser analisada a partir de cinco elementos-chave. Aqui, nos interessa o aprofundamento em três: [1] Resiliência (capacidade de adaptar-se às necessidades do usuário); [2] Redução (capacidade de reduzir o estresse associado ao gerenciamento de muita informação); e [3] Correlação (capacidade de sugerir relevantes correlações entre peças de informação). Tomando-os como método, neste trabalho, além da discussão teórica, observaremos dois exemplos. O primeiro é um aplicativo do jornal The New York Times para smartphones, o NYT Now, que entrega ao leitor informações curadas por profissionais editores. O segundo é o aplicativo agregador de notícias, Flipboard, onde a curadoria é feita por algoritmos e publicadores robôs. Com esse recorte, queremos apresentar uma observação de soluções de arquitetura de informação para dispositivos móveis organizadas com mecanismos distintos, humano e máquina.

Advertisements

Dos Dados aos Formatos: o sistema narrativo no jornalismo digital (COMPÓS, 2014)

BERTOCCHI, Daniela. Dos Dados aos Formatos: o sistema narrativo no jornalismo digitalIn: Compós – XXIII Encontro Anual da Compós – Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, Belém/ PA,  28 e 29 de maio de 2014.

Tese de doutorado: Dos Dados aos Formatos (2013)

BERTOCCHI, Daniela (2013). Dos Dados aos Formatos – Um modelo teórico para o design do sistema narrativo no jornalismo digital. Tese de doutorado. Programa de Pós-graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM) da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP), Brasil.

Banca examinadora da tese:

  • Prof. Dr. Ramón Salaverría (Universidade de Navarra, Espanha)
  • Profa. Dra. Suzana Barbosa (Facom, UFBA)
  • Profa. Dra. Giselle Beiguelman (FAU, USP)
  • Profa. Dra. Silvia Laurentiz (ECA, USP)
  • Profa. Dra. Elizabeth Nicolau Saad Corrêa (USP, orientadora)
  • Nota: Máxima, com louvor.
  • Período: 2010-2013
  • Defesa: 15/02/2014
  • Ano de Obtenção: 2014

This slideshow requires JavaScript.

Mais fotos da defesa: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10154013056550121&type=1&l=6c3cfb9beb

História das Coisas, documentário online

Prestem atenção no formato deste documentário online. Vídeo, apresentadora, ilustrações, humor, explicações e link nos ícones (veja a versão original no site do projeto para clicar nos ícones). Cada ícone é um capítulo. Por que não explorar este modelo nos sites noticiosos? Chama-se “A História das Coisas“. Trata-se de uma produção que expõe as conexões entre questões ambientais e sociais. Naturalmente, pensem também sobre o conteúdo. Abaixo, a versão com legenda em Português. A não perder. (DB)