Perguntas embaraçosas para quem trabalha com jornalismo digital

O vice-presidente sênior de estratégia da News Corp, Raju Narisetti, listou aqui 25 perguntas bastante delicadas que deveriam ser feitas anualmente a quem hoje trabalha em uma Redação online (editores, repórteres, diretores, gestores). São questionamentos que supostamente ajudariam a guiar o processo de disrupção e inovação no jornalismo digital.

Agrupei essas 25 perguntas por afinidade, depois expurguei algumas e, por fim, cheguei numa listinha menor com 5 questionamentos-chave que julgo serem os mais importantes no contexto brasileiro. Ninguém precisa publicamente respondê-las, naturalmente. É uma forma de fomentar uma reflexão sobre como estamos conduzindo nossos projetos jornalísticos. Vejamos:

  1. MOBILE. Quantos profissionais da sua equipe estão dedicados a produzir para mobile e/ou criar serviços e novos produtos para celulares? A propósito, qual porcentagem de seu público acessa a sua marca jornalística via smartphone e qual era esse número há um ano?
  2. PROGRAMADORES NA REDAÇÃO. Aproximadamente quantos desenvolvedores (front-end e back-end) existem trabalhando hoje na sua Redação? Quem coordena eles?
  3. CONTEÚDO E AUDIÊNCIA. Quantos usuários chegam  – e vão embora – em seu site entre cinco e dez da manhã? Que horas é a sua primeira reunião de pauta? Para Redações que empacotam impressão + assinaturas digitais, qual a porcentagem de assinantes de impressão são registrados no site ou aplicativo da marca? Você os conhece (padrão de comportamento online)?
  4. EQUIPE. Você consegue listar as cinco mais importantes medidas de desempenho (formal e previamente já escritas) usadas para avaliar a sua Redação anualmente? O que é para você uma equipe jornalística de alta performance?
  5. PUBLICIDADE. Qual porcentagem de sua receita total de publicidade é digital? Desse total, quanto é proveniente de celulares? E quando foi a última vez que sua organização de notícias lançou um formato publicitário inovador que foi vendido mais de cinco vezes para os clientes nos últimos 12 meses?

Será que me esqueci de algo relevante? Fiquem à vontade para me ajudar nessa. 🙂

Advertisements

2 thoughts on “Perguntas embaraçosas para quem trabalha com jornalismo digital

  1. Hola, Daniela. Fui tu alumna venezolana del máster de jornalismo digital en el IICS de Sao Paulo.
    Dejo otras preguntas a tu pertinente lista:
    1. ¿En su reunión de pauta sabe cuáles son sus contenidos más vistos en la web? 2. ¿Y cuáles fueron los más vistos y compartidos en redes sociales en todo el mes? 3. ¿Puede saber cuál es el tráfico de sus especiales multimedia, infografías, videos y fotogalerías?
    4. ¿Cuáles de las portadas fueron más votadas, comentadas y compartidas en Facebook?
    5. Conocen sus editores estos resultados? A partir de allí definen estrategias?

    Como directora de Producto y Calidad del grupo Cadena Capriles (http://www.cadena-capriles.com/), hoy Grupo Últimas Noticias, llevo una reunión mensual en la que mostramos a los coordinadores y jefes estos resultados, además de los de circulación de los tres diarios. Allí también vemos recomendaciones de lectores y distribuidores. Es una reunión muy nutritiva que hemos ido construyendo, de la que podemos compartir en cualquier momento. Abrazos!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s