Wikipedia: o telhado está próximo

Quando um dos fundadores vai a público para dizer que não acredita mais em sua cria, é porque algo está realmente muito errado. Imaginem Bill Gates dizer em entrevista que a Microsoft perdeu o bonde. O co-fundador da Wikipedia, Larry Sanger, não tem boas previsões para o futuro da enciclopédia online que aterroriza acadêmicos e é o deleite de universitários. O link para a reportagem está aqui, direto do The Times.

Claro que há motivos externos. Larry Sanger, aliás, é o fundador da Citizendium.org, uma outra enciclopédia online que, supostamente, será mais série e crível do que a Wikipedia.

Será que o Citizendum tem futuro? Será que a Wikipedia vai subir no telhado, como tanta gente prevê? Sobre assuntos polêmicos, sempre haverá dúvidas. Mas, uma coisa é certa: não existe nenhuma melhor fonte do que a Wikipedia quando o assunto é informática. Verificar datas de lançamentos, softwares antigos, imagens, referências etc.

Advertisements

3 thoughts on “Wikipedia: o telhado está próximo

  1. Hummm…. Não conhecia esse projeto, Rebelo. Entrei agora e não vi diferença aparente entre uma e outra enciclopédia. Parecem-me iguais. O que eles querem apresentar como diferencial é algo difícil de se medir quantitativamente: confiabilidade, credibilidade…

  2. Confiabilidade e credibilidade são de fato o xis da questão. Sem eles, aliás, o que será do jornalismo?

  3. Olá, conheci o blog de vocês recentemente e o tenho lido bastante, via RSS.

    Acabo de formular uma suposição: seriam esses movimentos que vemos na internet (wikis, blogs, maior amplitude do jornalismo cidadão, menor distinção entre entretenimento e notícia jornalística… etc.) uma forma de a sociedade demonstrar indignação com a forma como tudo isso sempre nos foi colocado? Claro que a wikipedia deixa acadêmicos com cabelos em pé: falta-lhe a credibilidade de um (real) especialista no assunto… mas se há espaço para esse tipo de criação (wikipedia) é porque existem lacunas a serem preenchidas. Que tal essa formulação?

    Os blogs também têm um componente interessante nesse sentido: fogem ao padrão jornalístico de isenção e de redação em terceira pessoa. São escritos a partir de uma pessoa, que com esse formato de texto se torna menos fria. Conseqüentemente, torna o texto mais interessante…

    Por fim, minha opinião sobre Larry Sanger: parece-me que é o filho pródigo que não quis retornar, mas criar um projeto ainda melhor que o anterior. Já vimos isso acontecer com Steve Jobs, que saiu da Apple e, enquanto “desempregado”, criou a Pixar (estúdio de filmes criador de ‘Toy Story’, por exemplo). Hoje, de volta à Apple, é o principal responsabilizado pelo crescimento da companhia e pelas recentes inovações postas ao mercado: iPhone e últimos lançamentos de notebooks e desktops…

    Abraços,

    Cadu

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s