O que é ciber?

Na área de comentários do post anterior (abaixo), um colega escreveu que o uso do termo “ciberjornalismo” não é lá muito apropriado, uma vez que “a internet tem muito pouco de cibernética”. Pois bem. Pedi mais informações sobre o assunto na esperança de confirmar algo que *intuitivamente* imaginamos: existe um prefixo “ciber”, de significado próprio, que é anterior a qualquer termo que o proceda. Ainda não obtive uma resposta do colega; entretanto, coincidentemente, de ontem pra hoje, caiu-me em maõs o livro “Cibermundos – Que futuro”, de Vahé Zartarian e Emile Nöel, da editora Ambar, de 2002 (achei pela bagatela de 7 euritos numa feira de livros de Braga; o título original é de 2000 e intitula-se “Cybermondes – Où tu nous mènes, grand frère?). Folheando a obra, eis que lá encontro uma explicação sobre a raiz “ciber”. Não resisto à sincronicidade dos fatos e reproduzo um trecho (p.8-9):

“A raiz ciber vem do grego kubernaô, que significa governar (daí derivam termos como gouvernail (leme), governo, etc.). A palavra cibernética surgiu, no domínio científico e técnico, em 1939, graças ao título de Norbert Wiener do mesmo nome, mas com subtítulo mais explícito: “Teoria geral do comando e da comunicação no animal e na máquina”.

Por extensão, o termo passou a designar qualquer sistema mecânico simulando os comportamentos complexos dos seres vivos: robôs (ou ciborgues, como lhes chamaram certos autores de ficção científica), programas informáticos “inteligentes” capazes, por exemplo, de auto-aprendizagem ou de adaptação, etc.

Neste contexto, e mais recentemente, surgiu o termo ciberespaço, da autoria do escritor de ficação científica William Gibson e, posteriormente acrescentaram-se-lhe uma série de termos derivados: cibermundos, ciber-sociedade, cibereconomia e, até, cibercafés! Desta feita a raiz ciber refere-se a universos virtuais, que principiaram, obviamente, por serem concebidos pelo homem, mas que ultimamente são gerados por máquinas, evoluindo com ou sem interação com os humanos.”

Outras contribuições são bem-vindas. 🙂 Por enquanto, ainda acredito que o uso do termo ciberjornalismo seja perfeitamente adotável na atualidade.

Advertisements

2 thoughts on “O que é ciber?

  1. Daniela: En el “Manual de Redacción Ciberperiodística” editado por Díz Noci y Salaverría (Ariel, Barcelona, 2003)se aborda este asunto, para el caso español, en la Introducción (p. 17): “Y si la RAE define este último término (ciberespacio) como un ‘ámbito artificial creado por medios informáticos’, parece apropiado referirse al ‘ciberperiodismo’ como aquella especialidad del periodismo que emplea el ciberespacio para la investigación, la elaboración y, muy especialmente , la difusión de contenidos periodísticos”.Grande abraço.

  2. Caro JLOri…Lembro-me de ter lido, nesta introdução da obra do Noci e do Salaverría, que, para além de ser perfeitamente possível usar o “ciberperiodismo”, ainda há o fato de o termo ser linguisticamente econômico! :)Obrigada pela contribuição!Abraços,Daniela Bertocchi

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s